Como fazer uma redução de custos na empresa sem cometer erros

Compartilhar

Particularmente nos momentos economicamente críticos, a redução de custos corporativa se faz essencial, a fim de que a competitividade e rentabilidade se mantenham em alta. Porém, isso só ocorre devidamente se os administradores adotarem um conjunto de medidas com suas consequências. Que muitas vezes atuam sobre clientes e colaboradores.

Por esse motivo, decisões como estas têm de ser tomadas com todo o cuidado. Afinal, dependendo do período, um erro nesse sentido poderá prejudicar grandemente o seu negócio.

Porém, é possível reduzir gastos com inteligência, sem afetar a produtividade e estrutura primordial da empresa. Veja algumas dicas a seguir!

Evite o corte de custos com o pessoal, se puder

Os profissionais e suas equipes são, praticamente, o que garante a realização das tarefas rotineiras, devendo ser motivados incondicionalmente. Organizar confraternizações, comemorações e eventos do tipo são fundamentais. Assim como premiações àqueles que se destacam mais ou mesmo investir em novos recursos tecnológicos, por exemplo.

Portanto, evite direcionar sua redução de custos a esses elementos de ordem humana. Esse é o “combustível” que lhes abastece a força de vontade e perseverança. Consistem na verdade em investimentos, e não gastos. Considere o que tudo isso traz de volta à sua empresa.

Tome cuidado com as demissões na redução de custos

Talvez você sinta que precisa diminuir o número de colaboradores em períodos de crise, que demandam redução de custos. Porém, muita atenção a essas demissões repentinas! Não só pela perda abstrata que as demissões representam, mas também pelo peso financeiro a que elas levam.

Leve em conta, ainda, as quantias gastas nos novos processos seletivos, mesmo que voltados a colaboradores menos “caros”. Sem contar o tempo que levarão para se adaptarem aos processos da empresa. Neste quadro, por que não optar pela terceirização de determinados serviços?

redução de custos

Procure não reduzir suas verbas de marketing

Marketing consiste na ferramenta mais importante na captação dos seus novos clientes. Não reduza verbas deste setor de modo precipitado em tempos difíceis. Se há fatores críticos em seu segmento, é bem capaz que a concorrência use esses cortes de marketing vantajosamente. Mantendo as verbas no setor, você se coloca adiante do concorrente!

Não deixe o atendimento ao público desfalcado

Procure, também, não aplicar a redução de custos aos recursos voltados ao seu consumidor. Atendimentos especializados são cruciais para garantir os bons relacionamentos do público com sua marca ou empresa.

É importantíssimo contar com canais eficientes para receber feedbacks ou qualquer crítica, positiva ou negativa. Manter o público satisfeito é o que sustenta o seu negócio e um fator imprescindível para divulgar seu produto.

Atente-se às demandas específicas de cada setor

Não estipule percentuais idênticos de reduções de gastos para todo tipo de setor em sua empresa. Isso pode ser ineficaz, quando produz cortes de investimento discrepantes nas áreas em questão. Afinal, certos setores às vezes devem fazer maiores economias que outros. Da mesma forma que determinadas áreas podem ficar completamente desfalcadas.

Como você pode perceber, a redução de custos em uma empresa não pode ser feita de maneira precipitada. Frequentemente, o que parece ser o mais óbvio a ser cortado é na verdade o que deve ser preservado. Portanto, analise com cautela quais mudanças realmente podem sem feitas na empresa, sem prejudicar seu desenvolvimento.

Esperamos ter ajudado a refletir melhor sobre os custos de sua empresa. Confira também 5 ideias para redução de custos na sua empresa!

Comentário no facebook

banner mãos dadas
banner mãos dadas mensagem entre em contato